Épico

O remate do Moutinho ao poste, aos 61´, e a entrada do Derlei, aos 62´,marcaram definitivamente o jogo d´ontem, que carimbou o bilhete para mais uma final de taça esta época.
8 golos num jogo é assinalável; 6 deles acontecerem na última meia-hora do jogo, num derbi como este lisboeta... é épico. É à leão.

A perder por 2 ao intervalo, acho que é de agradecer aos lampiões que foram a Alvalade os "olés" da 1ª parte: foram importantes para fazer soltar a garra leonina.
Depois, na dita última meia hora do jogo, um misto de fúria e inspiração acompanhadas por um estádio a cantar e a acreditar fizeram a história.
Aos 67´o Vukcevic cruza para o Djaló: 1-2
Aos 76´ o Moutinho serve o Liedson: 2-2
Aos 78´o Izmailov centra para o Derlei: 3-2
O benfica ainda reage e faz o 3-3, mas o Sporting jogou 5ª e Domingo e não queria ir a prolongamento.. e é o nosso 20 que volta à carga..
Aos 84´ em corrida de flecha, Djaló, Yannick Djaló, sem tranças, chega perto da área e remata forte para o 4-3
E para acabar sem aflições, para fazer o golo mais bonito da noite,
Aos 93´ o Miguel Veloso faz um centro longo para o pé de Vukcevic fechar o resultado: 5-3

É daqueles jogos que as pessoas, verdes ou vermelhas, se vão lembrar onde viram, onde estavam no momento do directo. Eu estive com dois amigos lampiões num bar irlandês no cais-do-sodré. Um espaço grande e com muitas televisões e adeptos dos dois lados.. embora dentro do balcão o sino só tocasse para os lampiões.. bem se calaram, no fim.
Como ia com dois deles, achei importante fazer marcar a presença de.. um cachecol lagarto - que ficou pousado ao meu lado. E no fim da 1ª parte, perante o 0-2 e a agitação vermelha, fiz a minha parte para puxar a sorte, para puxar o orgulho leonino, e pus o cachecol ao pescoço. Foi a minha fatia na atitude e na superstição. E correu bem. Correu pela noite, já com amigos verdes - houve festa.

Vivó Sporting!