[das vitórias morais* - com números do trio de ataque

remates à baliza: 7-6



* parece-me que a tese d´a causa foi modificada deve ser beliscada - não na ideia de vitória moral em sí, mas na sua aplicação a este jogo: não me parece razoável que a equipa que fez menos remates à baliza possa ser considerada claramente melhor que a sua adversária.
acho que o porto, para além de ter levado dois secos, não tem razão para estar a conseguir tantos bits no sentido de levar a vitória moral. mas enfim, aos meus olhos a melhor oportunidade não concretizada do jogo foi a do 3-0, do liedson]

Parabéns, Simon Vukcevic

e Gladstone, pelo vosso 22º e 23º aniversário. Mais palavras para Vukcevic, que tem mostrado maior esforço, dedicação e golos, e que está na frente, com Izmailov, para o prémio de melhor contratação da época. Parabéns!


à esquerda, de braços abertos - Simon Vukcevic

Ah leão!

Eis que a equipa deu resposta positiva; um brinde para os adeptos; um 2-0 (dois, zero), dois secos ao 1ºclassificado, ao fêcêpê.
Porque será que a equipa andou tanto jogos a produzir menos do que aquilo que pode?
Pereirinha e Ronny jogaram bem; destacou-se sobretudo o Pereirinha. Tudo correu bem.
Sem Stojkovic, nem Purovic; com Rui Patrício e com Vukcevic a ponta-de-lança, e à ponta-de-lança [a cueca ao Helton ficara nos anais dos clássicos]; com Izmailov a marcar, também;
passaram discretos os mouros trabalhadores, os incansáveis, Moutinho e Liedson.
Vivó Sporting!

.



(post reeditado - as considerações ao baza correr com o Paulo Bento ficaram para outra hora)

O Polga diz que estamos vivos

a mim também me parece que sim. é pra ganhar, pah!


Spoooooooorting

Lá lá lá lá lá lá lá, Sporting, Lá lá lá lá lá lá lá, Sporting, Allez, Allez, Sporting,.. *

Entretanto passou a 4ªfeira de Taça da Liga sem que aqui fosse feita a vénia: Liedson, Vukcevic e Vukcevic. Um três-zero que calha bem.



Mas, ainda sobre a música do Valete, gostava de esclarecer aqui o seguinte:

- o mais importante, para mim, foi o sportinguismo da música e do Valete - músico do hiphop tuga que tenho há já algum tempo em consideração (respect);

- depois, sim, a questão do Paulo Bento e das suas escolhas - se por um lado não desejo que ele saia já, também me parece que não faz mal nenhum que seja posto em causa;

- acredito que na hora em que a equipa entra em campo todos os sportinguistas (incluindo o Valete) vão estar a puxar pela equipa e a desejar não outra coisa senão a vitória.

.
Posto isto, vem aí o fcp e são estes os nossos, os convocados para o jogo de Domingo, com um 11 a bold:


Rui Patrício e Stojkovic

Pereirinha, Marian Had, Polga, Ronny, Tonel, Gladstone e Paulo Renato

Adrien, Izmailov, Vukcevic, Farnerud, Miguel Veloso, João Moutinho, Romagnoli e Celsinho

Liedson e Purovic



* parte final da música do Valete. pujante. que podia bem ser entoada no estádio (lálálálálálálá; sporting; ...)

UôÔ!!

Valete rula: uma música para o Paulo Bento! Vão, oiçam. Temos sportinguista!

[encontrada aqui]

Moutinho, Abel, Liedson e Gladstone

Estamos para taças; o Lagoa já era; na 4ª vem aí o Beira-Mar; em jeito de preparação para o próximo fim-de-semana - para evitar o match-point do campeonato; mesmo que ficar a 11 pontos não seja grande coisa - é o melhor que nos pode acontecer para já, contra a equipa do Quaresma*; a esperança é verde - já se sabia.

* gosto do Quaresma, o que é que hei-de fazer...

O Sporting é uma nação!

#

volto a repetir-me: temos equipa (os que estão) para jogar tanto, mas tanto melhor, que.. não percebo nada disto

Não percebo nada disto

Foi já depois das substituições [com Luiz Paez, Pereirinha e Farnerud em campo] que o Tonel marcou o golo; para depois sofrer um golo de canto, aos 94minutos; é empate com sabor a derrota; impressionou-me a lucidez das declarações do Paulo Bento.

Saudade... de uma vitória

Achei n´A Bola de ontem coisas estranhas e incompreensíveis: fala o irmão do Stojkovic, porque o próprio diz que não pode falar por indicação do clube, mas aparece nas fotografias, e o jornalista diz que ele esteve a acompanhar a entrevista acenando se concordava ou não; fala de falta de apoio do clube na lesão e no episódio do regresso da selecção, que lhe retiraram a titularidade; diz que é o melhor guarda-redes do plantel.

A mim também me parece, que é, neste momento, o melhor guarda-redes do plantel, mas fica um tom pouco simpático.

O Bulhão Pato dá aqui uns bons tabefes ao nosso Stoi.

Enfim, espero que haja lá dentro quem esteja a cuidar do nosso querido clube, porque, visto de fora, não parece.

vamos a Coimbra - é jogo para ganhar com... alegria. e tranquilidade, já agora.

uma vergonha, vocês são uma vergonha *

* com a música do guantanamera, ouvido pela RTP durante o Setúbal-Sporting

Quando um jogador do Sporting ouve incentivos deste gabarito, em campo, tem de querer jogar melhor. Ele tem de se lembrar na dedicação que levou esses sportinguistas a estar lá e a cantar para a equipa. Um jogador do Sporting, em campo, tem também de se lembrar que os sportinguistas não são só os que estão no estádio - são muitos, muitos mais, e sofrem pela equipa, mesmo no sofá ou no café. Um jogador do Sporting, em campo, tem de saber que se a equipa marcar os adeptos a vão brindar, os que foram ao estádio e os outros todos; tem de saber que não há espaço para tristezas em campo.
Ou seja, um jogador do Sporting, em campo, tem de saber que é o melhor do mundo, porque é do Sporting.

Reacção

São 8 derrotas em 27 jogos. Com os últimos 4 a começar a perder: nos 2 últimos de 2007 deu-se a volta, e nos dois primeiros de 2008 não.

Mas a solução não me parece estar nas contratações - muito menos a custo zero. Ricardo, Caneira, Tello, Nani.. O problema é ver que a equipa parece, em geral, ter desaprendido da época passada para esta, em vez de melhorar.

Diz Paulo Bento, o nosso treinador desde 23 de Outubro de 2005, depois deste Setúbal 1- Sporting 0: "jogamos demasiadas vezes a reagir"; "quem joga tantas vezes em reacção tem dificuldades em agir"; "é uma derrota triste". A equipa tem de saber reagir.

A Taça da Liga continua à mão. A inspiração e a alegria é que não. E se é certo que por cada leão que cair outro se levantará, também me parece que estes jogadores, os que estão, podem e vão fazer muito melhor.

Foi-se embora o Carlos Freitas, vamos a Setúbal

e, sem querer ser repetitivo, a expectativa é sempre a mesma: ganhar!

Spoooooooorting!

0 pontos #

# numa 1ªparte com poucas oportunidades para ambas as equipas eles marcaram numa jogada inspiradíssima; na 2ª parte, com uma mão cheia de oportunidades, deixámos o guarda-redes deles brilhar; sofremos um 2-0 na única oportunidade deles em toda a 2ªparte # parabéns ao Boavista pela eficácia; 4ª feira há mais Sporting #

Ano Novo # Inquérito velho

De 4 a 25 de Dezembro esteve aberto o 1º inquérito d´O Nosso Sporting (aqui na barra lateral). Houve 37 clicks para a pergunta "Depois do empate caseiro com o Leiria, qual a cabeça que deve rolar?"

24 pessoas (64%) elegem Soares Franco

6 pessoas (16%) dizem que não deve rolar cabeça nenhuma

3 pessoas (8%) escolhem Carlos Freitas

outras 3 pessoas (8%) dizem que devem rolar todas as cabeça

e por fim, 1 pessoa (2%) apenas aponta o dedo a Paulo Bento

Ano Novo # Uma certeza

O Liedson é o nosso matador. O Liedson não deu conversa à expectativa-de-novela-dos-jornais. O Liedson é especial porque tem uma agilidade invulgar e começou a jogar à bola tarde - para profissional. O Liedson fez 30 anos e vê-lo a continuar a crescer em Alvalade, mais uns bons anos, parece-me muito bem.






Viva o Sporting! Viva o Liedson!
Li-ed-son! Li-ed-son! Li-ed-son!